segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

Ken Parker - A Terra dos Heróis


Aproveitei esses dias também para resolver outra falha de caráter minha: nunca ter lido Ken Parker.

Há tempos ouço falar desse personagem italiano incrível criado por Berardi (o mesmo de Júlia), mas nunca tinha lido. Para resolver isso, o Diego me emprestou uma edição publicada pela Mithos chamada Terra dos Heróis, mas essa é uma história bem diferente dos outras do personagem.

Ao contrário de toda série, essa não é um faroeste e sim um grande tratado metalinguístico. Giancarlo Berardi e Ivo Milazzo (criadores da série) estão discutindo por telefone a próxima ideia quando são puxados para dentro da história por Ken Parker.

Lá conhecem uma terra onde os heróis ficam esperando que seus criadores os utilizem novamente, mas algo errado tem ocorrido e alguém tem um plano para capturar os heróis e mantê-los presos até que sejam completamente esquecidos pelos humanos.

A história tem muitas referências cinematográficas (o próprio autor fala que é uma homenagem ao centenário do cinema, completado na época) e essa metalinguagem garantiu momentos geniais como quando Berardi discuti com os heróis sobre a existência de poucas mulheres no grupo e eles dizem que as mulheres raramente são personagens principais e sim meras coadjuvantes. O roteirista fica estarrecido com a opinião dos heróis e, talvez aí daria para imaginar o desejo guardado de Berardi de criar uma grande heroína, o que ele realiza anos depois com Júlia.

Enfim, fiquei completamente encantado com Ken Parker e sinto muito o fato de não ser nem um pouco fácil e muito menos barato comprar as histórias do herói aqui no Brasil.


4 comentários:

Amalio Damas disse...

Essa eu também preciso conhecer. Só ouço falar bem, mas como você disse, o preço é um grande problema.

Fernando Peres Farto disse...

Eu já conhecia, comprava algumas edições de vez em quando. As histórias são ótimas, é uma boa alternativa às Crises Infinitas da vida...

Lucas Pimenta disse...

Galera para conhecer mais sobre a excelente criação de Berardi e Milazzo, acessem o KEN PARKERBlog:

http://kenparker.blogspot.com

E comprem, em sebos, nas lojas especializadas, ou números atrasados da mythos...

Pois cada edição vale muito MUITO a pena!!

Lucas Pimenta disse...

Zé, você pode comprar as edições da Mythos. Essas são baratas!

A série original vai comprando aos poucos ou caça nos sebos as edições da Vecchi!

Visita o blog, que por lá você vai descobri mais coisas.

Por exemplo, uma história de Ken Parker, chamada Adah, uma das melhores de toda saga de Rifle Comprido.

Nela, Berardi começa a usar ali, a "forma" com a qual moldou Júlia, anos depois.

Grande abraço