terça-feira, 2 de dezembro de 2008

Rapidinhas

Ontem eu me lembrei de uns textos bem legais que eu li faz um bom tempo de um cara chamado “Adolar Gangora”. Esse figura tem dois textos famosos ligados a música, um é uma análise comportamental sobre a música Eduardo e Mônica e o outro é um conto chamado “Como me fudi no show dos Los Hermanos” (são longos, mas valem muito a pena).

Os dois textos são absurdamente engraçados e garantiram uma fama mítica para o pseudônimo que vem sendo reproduzido por aí sem a maior parte das pessoas saber quem ele é. Para se ter uma idéia, os dois textos já foram adaptados para teatro, o segundo pela global Fernanda Torres, que teve um bom trabalho para encontrar o rapaz.

Ontem quando eu me lembrei disso, dei uma busca no Google e achei um site do cara com o texto dos Los Hermanos e alguns vídeos. Vamos ver ele publica mais algumas coisas.

Mudando totalmente de assunto, viram ontem o CQC? Preciso registrar aqui a conversa entre Danilo Gentilli e Antônio Fagundes:

D: Minha mãe é doida para dar para o senhor.

F: Ah é, qual a idade dela?

D: 55.

F: É uma boa faixa. 

3 comentários:

Amalio Damas disse...

Essa foi a melhor do ano, sem dúvida! O cara é muito cara-de-pau. Espero que a mãe dele entre no espírito da brincadeira, hahaha!!

Zé Oliboni disse...

vai que não foi brincadeira!

Sergio Chaves disse...

Heheheh, o Danilo sempre dá umas dessas. Tempo atrás foi com o Roberto Carlos também, se não me engano hehe.

Segunda-feira a noite é sagrada, sempre CQC.