domingo, 19 de outubro de 2008

Estamos Ouvindo: Julieta Venegas


Sempre achei que uma qualidade interessante nos amigos é o bom gosto, algo que obviamente é muito relativo. O que eu quero dizer é que é legal nos cercarmos por pessoas que tenham gostos não obrigatoriamente parecidos, mas de certa forma correlatos e complementares aos nossos. Todo mundo gostar das mesmas coisas iguaizinhas é irreal e sem graça, da mesma forma que tentar se entender com pessoas que não tem nada em comum com você limita muito as conversas.

Por exemplo, essa semana o Flávio me falou de uma cantora que ele ouviu e gostou chamada Julieta Venegas. Consegui um cd (ok, é um eufemismo, mas... você entendeu) e gostei muito, agradou minha esposa e, cada vez que ouço, tenho certeza que o Diego vai adorar esse cd dez vezes mais que a gente.

Para não deixar você boiando, até porque, se você acompanha esse blog existe uma chance de seu gosto musical bater com o nosso, deixe-me falar um pouco sobre essa cantora. Ela é americana, foi criada no México e canta em espanhol um som pop com uma pegada latina bem legal.

Sou péssimo para me expressar sobre músicas, não sei descrevê-las. Então, para te ajudar a entender, no final do post tem um vídeo do You Tube. O que eu posso dizer é que o som tem umas pegadas típicas das músicas pop mexicanas atuais que eu conheço. 

É difícil descrever, é algo que lembra o som latino, mas tem um tempero mais específico, exclusivo daquele país. Fora isso a voz de Julieta Venegas é muito boa e as letras de suas músicas, pelo que eu consegui entender por cima (tenho certeza que o Diego vai descobrir muito mais profundidade nelas), parecem muito legais.


3 comentários:

Fernando Peres Farto disse...

Até que ela não é tão ruim ;-)

Amalio Damas disse...

Cara, gostei muito também! Eu gosto quando alguém me apresenta coisas novas, porque eu sempre fui de encontrar novidades musicais ou cisas diferentes, mas desde a década de 90, quando "descobri" Screamings Threes, que não me animo a procurar nada e me limito a ouvir meus velhos CD's. Uma música simples, mas com uma sonoridade suave, sem muitos malabarismos vocais (que me irritam, principalmente nas cantoras americanas), cantou com o coração e isso a gente percebe no ato.

Diego Figueira disse...

O Zé quase acertou em cheio quando disse que eu ia curtir isso quando ele me mostrasse. Só que eu já conhecia a Julieta há um tempo. Inclusive, ela foi a grande vencedora do Grammy Latino do ano passado e semana passada foi entrega do deste ano. cuja estrela foi o Juanes.
Pelo fato de ser professor de espanhol, eu sempre ficou de olho no cenário pop latino e acabo gostando mesmo de muita coisa. Mas a Julieta me fisgou mesmo. Domingo saiu uma entrevista com ela no jornal espanhol El País, depois eu posto o link.