quinta-feira, 21 de fevereiro de 2008

Estamos nos arrependendo: Pantera Negra


Eu sou um grande fã de Marvel Action. Gosto da proposta de uma revista de ação pura e simples, para divertir mesmo, com muitas lutas, bons desenhos e, com alguma sorte, alguns conceitos diferentes. Nos últimos meses tenho elogiado repetidamente a revista e a classificando como a melhor mensal da Marvel no Brasil.

Infelizmente ontem a noite fui ler a edição 12 da revista, sim estou um mês atrasado, e tive uma grande decepção. Como Pantera Negra tem sido o título que mais me prende a atenção na revista, comecei por ele e, logo na primeira página, não tinha palavras para descrever o meu descontentamento.

O primeiro problema foi a troca de desenhistas. A revista passou de um artista bom, que fazia um trabalho comum mas muito bem executado para um que parece quase um amador. O novo artista, não me lembro o nome agora, mas semana que vem você podem ver na resenha que sairá no UHQ, pode até ser razoável fazendo aqueles esboços que recheiam os extras de encadernados, mas nas páginas, o resultado é pavoroso. Ele não tem o menor senso de composição visual.

Como se isso não bastasse, o roteiro que estava bem legal também desandou de uma forma triste. Caindo no velho clichê de colocar os conselheiros contra o rei e, também, pegando pesado no discurso político, principalmente o racial, o roteirista deixou sua história tão sem propósito que teve que apelar para um combate mais que gratuito entre o Pantera e o Capitão América. Detalhe, os dois estavam discutindo os termos de uma amigável aliança enquanto se matavam.

Assim fica difícil, né?

Para piorar, o meu amigo Sérgio Codespoti que acompanha os títulos importados lá na Europa me adiantou que a revista só vai se estragando e ficando cada vez pior... é uma pena... lamentável.

PS.: O desenhista da capa, que ilustra o post, não é o mesmo do miolo...

2 comentários:

Diego disse...

Eles colocam capas do Michael Turner porque assim qualquer desenhista do miolo parece bom.
Cara, eu já tô de saco cheio de ver esse sujeito fazendo capaz para histórias que não tem nada a ver com o estilo dele. Além de ser péssimo desenhista, estraga o clima das séries, como Guerra Civil.

Amalio disse...

Só tem um pequeno detalhe, Michael Turner vende! Outro que inexplicavelmente vende para caramba é Jeph Loeb. O Joe fica feliz da vida com as verdinhas!