quinta-feira, 6 de setembro de 2007

Mais uma para reclamar



Pode até parecer que a gente e boa parte dos fãs de quadrinhos temos implicância com o pessoal da Panini e da Mythos (que faz a maior parte do trabalho editorial da Panini). Aqui no blog mesmo o Liboni já falou da grande mancada que se tornou a edição Rumo à Guerra Civil, da Marvel, e nosso amigo Eduardo Nasi mostrou nas suas resenhas para o Universo HQ como eles desperdiçaram a idéia do lançamento do site deste mesmo evento sem fazer divulgação nem mesmo nas revistas ligadas a ele.

Mas isso chega a ser pouco perto do que o
UHQ noticiou ontem e hoje. Nada justifica os dois equívocos cometidos pela Mythos: lançar um produto parecido demais com um outro produto de sucesso que não lhe pertence e ainda por cima lançar a publicação sem nenhum dado sobre como entrar em contato com a editora.

Por mais bem intencionada que a editora tenha sido, não tem como não desconfiar de uma situação dessa. Como diria meu amigo Celsinho, isso é "papo de sorveteiro sem troco" pra enrolar freguês. No histórico desse pessoal então, a coisa fica mesmo parecendo mais grave.

Nesse caso o insulto à inteligência do leitor e o desrespeito ao trabalho original não têm justificativa. Mesmo sendo quase a mesma editora, a identidade visual dos mangás da Panini foram criadas por um artista para aquele determinado produto. Aproveitá-lo para uma outra publicação que não tem exatamente a ver com o original é pura sacanagem. Criar um novo nome fantasia para a empresa, sem referências, passando-se por desconhecido, é ainda pior, tem cara de golpe.

2 comentários:

Zé Oliboni disse...

concordo. É aquela coisa, se fosse tão bem intencionado estava escrito na quarta capa que se trata de um livro ilustrado e não uma revista em quadrinhos e principalmente não um mangá ligado ao Lobo Solitário. E, obviamente, se fosse algo bem intencionado é claro que iriam querem chamar a atenção para o nome da editora deles e não tentar fazer por baixo dos panos.

Mesmo considerando toda a má-fe, não vejo porque se esconder dessa forma, a não ser que eles tenham medo que a panini se ofenda com isso... será que alguém lembrou de mandar um exemplar de cortesia para os italianos?

Eduardo Nasi disse...

Desculpaí, Diego, mas acho forçar a barra misturar um problema editorial com uma postura editorial.

Uma coisa é não atualizar o site. São motivos desconhecidos, mas que a gente pode especular como provavelmente sendo derivado do inchaço no lançamentos das edições. Mas o site em si é uma iniciativa espetacular, assim como MUITA coisa que a Mythos faz -- J. Kendall, por exemplo!

Outra coisa é lançar uma revista a) shrinkada, b) com capa inspirada em Lobo Solitário e c) sem descrição do conteúdo. Dá a impressão de que é pra pegar ratão. Isso, sim, é feio. E fica chato.