terça-feira, 25 de agosto de 2009

24 Horas – 1ª temporada


Assisti toda a primeira temporada de 24 horas e confesso que virei fã da série. Esses thrillers de ação nos proporcionam um momento de descompressão total tão bom. Tudo é tão rápido na história, tão frenético que inevitavelmente você esquece da sua vida, dos seus problemas e fica ali naquele momento Jack Bauer acompanhando os tic´s do relógio.

Vale dizer que vendo a primeira temporada eu tive a sensação de que todas aquelas listas sobre Jack Bauer ao estilo Chuck Norris´ Facts não tinham nada a ver.

A primeira temporada é muito bem roteirizada, muito bem dirigida, tem bastante ação, surpresas até o último minuto, mas Jack Bauer não é tão fodão como se falava. Não que ele não sue a camisa, mas você não vê ele realizando atos impossíveis, é tudo bem coerente.

Ainda assim a primeira temporada e fundamental para se entender como Bauer vira o sujeito super-obstinado e capaz do improvável que o torna famoso.

Esse ponto de mutação acontece perto do final da primeira temporada, no momento que dizem para ele que a filha dele morreu e ele entra no galpão onde estão os terroristas para matá-los.
Se você pensar bem, Bauer é um agente de campo, super-treinado e com grande experiência de combate e guerrilha, mas ele está em um emprego tático, quase burocrático, cheio de amarras e preocupação com o futuro da sua família. No momento que ele se vê sem nada mais para se preocupar, ele se libera e parte para cima com tudo que tem.

Aliás, é nesse estado sem travas e com muita raiva que ele começa a 2ª temporada. Onde ele parte para cima dos inimigos com tudo que tem logo de cara.

No geral, eu acho que vale a pena ver a série. Pelo menos a 1ª temporada eu já posso recomendar. A 2ª eu falo sobre ela logo mais.

___________________
Compre aqui: Temp. 1 / Temp. 1 a 6

2 comentários:

Wallisson Narciso disse...

Cara, sou um fã mesmo de 24 horas, e posso te falar: A série é muito boa mesmo. A galera gosta de criticar, meter o pau em coisas que eles nem mesmo viram ainda.
Na verdade há uma tendência para isso pelo fato de ser uma série de "tiros", mas os pobres diabos que ainda não vira a séria não sabem que o Jack Bauer faz mais do que dar tiros.
O drama, a adrenalina, o peso nas costas de um cara que quer, acima de tudo, salvar a família.
O final da primeira temporada é muito bom... mas o da terceira é emocionante.

Zé Oliboni disse...

Oi Wallison. Agora estou no meio da 2ª temp. e curtindo muito. Realmente é uma série que surpreende como você diz. Quando chegar no final da 3ª comento aqui. Pelo jeito deve ser espetacular.