sábado, 1 de agosto de 2009

101 Quadrinhos - Os Doze Trabalhos de Asterix

Asterix é uma daquelas hq´s imprescindíveis. Um sucesso mundial que deu muito certo até nas nossas livrarias.

Os irredutíveis gauleses criados por Uderzo e Goscinny eram vistos como uma história em quadrinhos inteligente, muito bem desenhada, ótima leitura para crianças e jovens - que poderiam aprender ou pelo menos se interessar por história – e, ainda por cima, agradava os adultos com seu humor muito bem feito.

Sempre me lembro de Asterix como uma grande falha na minha coleção: algo que li tudo emprestado e, apesar de adorar, nunca tive nenhum álbum do personagem. Quando fui ter dinheiro para comprar Asterix já tinha lido tudo e me não me parecia grande vantagem investir nele com tanta coisa por ler pelo mundo.

Dentre tanta boas histórias, talvez muitas até melhores que essa, Os Doze Trabalhos de Asterix, na minha memória, sintetiza a todas as qualidades das hq´s dos heróis movidos a poção mágica.

Lá vemos a aldeia recebendo uma proposta de Cesar de que ele pararia as tentativas de conquista se eles conseguissem realizar 12 tarefas praticamente impossíveis – plano inspirado na história mitológica de Hércules. Obviamente Asterix, Obelix e Ideafix pegam a lista de tarefas e partem para o ataque resolvendo os mais divertidos problemas.

A melhor da tarefas é quando eles têm simplesmente que pegar um formulário em uma repartição pública romana. Eles quase ficam loucos em um confuso prédio onde ninguém quer trabalhar, nada funciona direito, não existe padrão, ordem e para conseguir um simples carimbo você precisa viajar por trezentos guichês em andares diferentes – mais ou menos como o Detran aqui em São Paulo. Esse é um dos exemplos das ótimas sacadas dos autores que, ao mesmo tempo, criticavam o passado e o presente.

No final obviamente os Gauleses vencem Cesár e comemoram com muito javali, mas isso não o impede de continuar tentando conquistar toda a França nas próximas histórias.

Asterix é um ótimo exemplo de como existe vida inteligente e comercialmente viável além das coisas que já estamos acostumados. É uma pena que não seja publicado no Brasil mais das excelentes HQ´s européias que poderiam agradar tanto quanto os gauleses. Mas, pelo menos, praticamente todas as principais aventuras de Asterix, Obelix e os irredutíveis gauleses foram publicadas aqui pela Record.

PS.: Várias HQ´s do Asterix estão disponíveis na Banca 2000 com um bom desconto.

3 comentários:

Amalio Damas disse...

Asterix realmente é uma achado, pois consegue tratar temas banais ou complicados com uma fina ironia surpreendente. O primeiro texto que eu escrevi para a internet foi sobre o álbum Asterix e Companhia para o Pop Balões.

Dri Viaro disse...

Oi, vim conhecer seu blog, e desejar boa tarde.
bjsss

aguardo sua visita :)

Cas disse...

Asterix é muito bom!!!

Esse álbum virou uma animação que eu vi quando pequeno.

Antes de ler Asterix, minha mãr ja lia pra mim e pro meu irmão.

Boas lembranças.

abraço.

Cassius Medauar